Rio Preto tem 4.187 positivos para a Covid-19 e mais seis óbitos

0
186

O secretário de Saúde de Rio Preto Aldenis Borim anunciou nesta sexta-feira, dia 10, que a cidade tem 4.187 contaminados pelo coronavírus (Covid-19).

Agora são 124 óbitos, 2.517 pessoas já recuperados da doença, 786 profissionais da saúde que acabaram infectados e 669 pacientes que apresentaram a síndrome respiratória aguda grave .

Em relação as internações em UTI’s por problemas respiratórios graves o Austa tem 19 pacientes da cidade e 5 da região. O Hospital de Base tem 37 leitos ocupados por rio-pretenses e 78 de moradores de fora da cidade.  O IMC tem um paciente de Rio Preto, o Beneficência Portuguesa tem 17 pacientes de Rio Preto e 5 de região, Santa Helena 2 da cidade e um de fora  . E, a Santa Casa com 38 rio-pretenses e um residente de fora da cidade.

Ao todo são 1.713 notificações de SRAG desde o início da pandemia, 415 somente nos últimos 14 dias.

São 237 internados no total, sendo 114 em UTI e 123 em enfermarias.

 

UBSs

A partir de segunda-feira, dia 13, as UBS’s da cidade voltam a atender determinadas prioridades devido ao aumento dos casos relacionados aos estados gripais que aumentam neste período do ano. Serão atendidos pacientes em pré-natal, puericultura e doenças crônicas com agravamento .

 

Mais leitos

Durante a atualização dos casos nesta sexta-feira, o prefeito Edinho Araújo anunciou ao lado do secretário de Saúde Aldenis Borim a criação de 20 novos leitos de UTI e 33 de enfermarias para o atendimento de Covid-19.

Os leitos serão disponibilizados no Hospital mantido pelo Lar São Francisco de Assis , na cidade vizinha de Jaci.

“O poder público tem o dever de agir preventivamente. Será formalizada na semana que vem uma parceria entre o governo estadual a Prefeitura de Rio Preto e o Lar São Francisco de Assis  para pacientes de Rio Preto. e, em breve entra em funcionamento para dar suporte aos leitos da Santa casa e Hospital de Base”, adiantou o prefeito Edinho.

Critérios como menor custo, melhor logística e conforto aos pacientes atendidos foram determinantes para a criação dos novos leitos em Jaci.

“A qualidade do atendimento do paciente internado será muito melhor. No final da semana que vem estaremos em funcionamento com esses leitos. É um local  com quartos próprios pra UTI e um custo mais barato do que qualquer outra tentativa de adaptação”, disse Aldenis.

Artigo anteriorO Grupo Mulheres do Brasil Núcleo Rio Preto apoia Campanha Sinal Vermelho
Próximo artigoZoológico recebe 41 corn snakes apreendidas pela Polícia Ambiental
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.