Rio Preto tem três mortes em investigação, Vacinação drive-thru está suspensa por falta de vacinas e mais

0
498
Compartilhe

A cidade contabiliza nove casos confirmados para Covid-19 e 171 casos suspeitos, entre eles três pessoas que morreram: uma gestante de 28 anos, um homem de 83 anos e um homem de 43 anos.

Transmissão comunitária

O secretário de Saúde de Rio Preto, Aldenis Borim, informou nesta quinta-feira, dia 26, durante live no Facebook da Prefeitura que a cidade já tem transmissão comunitária de coronavírus.

Esse tipo de transmissão ocorre quando não é mais possível saber a origem da infecção por ter se alastrado aleatoriamente. É diferente da transmissão local, quando se sabe quem passou o vírus a quem.A transmissão sustentada é o terceiro e último estágio epidemiológico. Faz com que as autoridades elevem o nível de alerta e adotem medidas de maior restrição.

Multas

As multas aos estabelecimentos que descumpriram o decreto de calamidade cresceram de 11 para 21. A autuação é de R$ 6 mil, podendo chegara a cassação do alvará em caso de reincidência.

Ramo de atividade
6 supermercados
6 restaurante e lanchonete
1 indústria
1 imobiliária
1 atividade religiosa
1 clube
1 distribuidora de bebidas
1 transportadora
1 loja de suplementos alimentares
1 clínica odontológica
1 pet stp

 

 Drive-thru 

drive thruA Secretaria Municipal de Saúde informou nesta quinta-feira, 26, que o sistema de vacinação contra gripe nos três pontos de drive-thru de Rio Preto está temporariamente suspenso.

A medida decorre da redução do estoque das doses, devido à alta procura nestes três primeiros dias. Até o momento foram 42.287 pessoas, entre idosos e profissionais da saúde, vacinados.

Na próxima semana, o município receberá novas doses e então avaliará se voltará com o sistema de drive-thru. Enquanto isso, a vacinação está sendo feita em 27 escolas e equipamentos públicos. Confira os locais aqui.

 

Decreto suspende gratuidade de idosos nos ônibus 

O prefeito de Rio Preto Edinho Araújo assinou decreto municipal que suspende o transporte público coletivo gratuito aos idosos nos horários de pico. A medida vale o período que durar o estado de calamidade pública no município.

 

Defesa Civil, Fundo Social de Solidariedade e Rotary

A Defesa Civil de Rio Preto promove, a partir desta sexta-feira, dia 27, campanha para arrecadação de alimentos não perecíveis e produtos de higiene e limpeza e, em parceria público-privada com o Rotary Club e o Fundo Social de Solidariedade , receberá doações em dinheiro. Ambas as campanhas visam atender às 10 mil famílias em situação de vulnerabilidade social cadastradas no Fundo Social de Solidariedade durante a quarentena.

Para entregar os donativos, a população e as entidade interessadas em participar da campanha devem fazer contato prévio com a Defesa Civil, por meio do telefone (17) 3211-1730, para o agendamento da entrega. A medida é necessária para evitar aglomerações. No caso de doações de grande volume, a equipe da Defesa Civil vai até o local fazer o recolhimento.

Doações em dinheiro

Outra campanha, aprovada por unanimidade  pelos 13 rotarys club de Rio Preto, possibilita a doação de valores em dinheiro, sem a necessidade de o doador sair de casa. Para doar, basta realizar transferência eletrônica para a conta corrente 4480-6, agência 2502-X, do Banco do Brasil. Será necessário informar também o CNPJ do Rotary Rio Preto: CNPJ 51.846.889/0001-63.

 

Hospital de Base busca apoio no combate ao coronavírus 

O Hospital de Base de  Rio Preto lançou , em suas redes sociais, a campanha “Juntos somos mais fortes” para arrecadar doações junto à comunidade na luta contra o coronavírus.

A campanha foi desenvolvida dentro da plataforma digital “Abrace uma causa”, reconhecida pela agilidade e transparência com as quais impulsionam projetos filantrópicos e ajudam a transformar a realidade social de várias regiões do País.

No endereço eletrônico “apoiehb.abraceumacausa.com.br”, todas as pessoas físicas podem ajudar o Hospital de Base a comprar desde materiais de segurança (como luvas cirúrgicas e máscaras respiratórias) até equipamentos hospitalares (como camas elétricas e ventiladores para UTI).

 

 

 

 

 


Compartilhe
Artigo anteriorRio Preto tem transmissão comunitária, 56 pessoas estão internadas e 19 em UTI
Próximo artigoUnidades referência para gripe atendem 1,2 mil pessoas em 4 dias
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.