Cantora traz o empoderamento feminino para live musical

0
73
Compartilhe

 
O show musical “A Casa”, invoca a casa interior humana, é um brinde a moradia que não precisa de paredes, carne e osso para existir. É um encorajamento a ouvir, sentir e conhecer a sua casa interior, para assim conhecer outras casas 

A interprete e compositora Elis Bohrer realiza, no dia 7 de março às 20h, a live musical “A Casa”. O show traz como temática o empoderamento feminino, a luta contra o racismo e a liberdade de expressão.  

“O projeto ‘A Casa’ é fruto de um amadurecimento pessoal vivenciado principalmente durante a pandemia. Este período tem evidenciado o quanto a mulher é privada, ou seja, não tem o controle de onde quer estar e o que deseja fazer. Principalmente após a maternidade, que nos seus primeiros anos priva a mulher de muitas coisas. Vivemos em uma sociedade em que quando se tem um filho, a mulher sempre faz o papel de cuidadora em relação ao homem. Nós estamos de uma certa forma acostumados com isso, chega a ser automático, mas é preciso virar essa chave”, diz a cantora.  

Acompanhada pelo seu convidado e parceiro musical Sandro Soarez (violão) , e com participação especial do baterista Rogerio Pinheiro, Elis leva ao palco virtual seu trabalho autoral e clássicos da Música Popular Brasileira. A artista convida o público a refletir sobre o indivíduo enquanto morada, independente do lar e corpo em que habita. A casa vivente, pulsante e pensante é capaz de conectar-se com outras moradias, criar redes e fomentar a evolução humana.  
 
A cantora explica a profundidade do projeto.

“Fazendo uma reflexão sobre Rio Preto, podemos perceber a quantidade de ocorrências registradas diariamente de violência doméstica. Para se ter uma noção de o quanto a pauta é urgente na cidade, a cada dez vítimas de violência doméstica, 7 já foram agredidas antes de registrar boletim de ocorrência policial”.

E acrescenta:

Muitas mulheres rio-pretenses são lesadas várias vezes antes de tomar coragem para denunciar, isso é gravíssimo. Mostra o quanto as mulheres da nossa cidade temem a força masculina, que muitas vezes é usada contra elas. Isso faz parte de um machismo estrutural que foi alimentado desde a fundação da cidade, e que precisa ser desmontado, não é uma questão de ter o posicionamento político de centro, esquerda ou direita, estamos falando sobre vidas. A mulher precisa ter a liberdade de se vestir como desejar e andar por onde quiser sem ter medo, o projeto é mais sobre isso, cantar para a mulherada se libertar”. 
 
 
Este projeto é realizado com recursos da Lei nº 14.017/2020, Lei Aldir Blanc. 
 
Serviço:  

Live: A Casa – Elis Bohrer 

Data: 07/03/2021

Hora: 20h 


Onde Assistir: Canal Bohrer Elis no Youtube, segue link (https://www.youtube.com/channel/UC5a1dWjlFT0XIIk_ai-4rgg


Compartilhe
Artigo anteriorDiretoria da Funfarme apresenta HB Onco, centro de referência em oncologia
Próximo artigoColeta seletiva é ampliada para região Norte em Rio Preto
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.