Festival Nacional do Folclore começa sábado

0
77

Olímpia – Os preparativos da montagem dos palcos e espaços que recebem  o 49º Festival do Folclore de Olímpia, que acontece de 20 a 28 de julho, chegam a reta final. Cerca de 500 pessoas estão envolvidas na produção do evento, que acontece no Recinto de Exposições e Praça de Atividades Folclóricas Professor José Sant´Anna.

O local é dividido em vários espaços para receber a programação do Festival. Além do palco principal, onde são realizadas as apresentações de grupos folclóricos e parafolclóricos, há  o Pavilhão Cultural, onde acontecem as apresentações do minifestival, seminários de estudos e artesanato, além do espaço destinado à culinária.

O Recinto de Exposições ainda abriga a Vila Caipira, um espaço de convivência dos grupos folclóricos, parafolclóricos e público. O espaço é composto pela Casa do Caipira, Igreja de Santos Reis e o Coreto. No mesmo espaço tambémestá a Vila Brasil, composta pela Casa de Taipa, do Rio Grande do Norte e o Galpão Crioulo, do Rio Grande do Sul.

Para organizar todos os espaços, durante os dias de Festival, mais de mil pessoas irão trabalhar diretamente no evento, entre profissionais de segurança, manutenção, técnicos de palco, iluminação, produtores, entre outras funções.

Nesta edição, o Festival receberá 72 grupos, sendo 52 folclóricos, 18 grupos parafolclóricos e dois balés folclóricos. Serão 15 estados representados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Pará e Maranhão.

O Festival do Folclore de Olímpia é realizado pela Associação Olimpiense de Defesa do Folclore Brasileiro, Prefeitura Municipal de Olímpia e Secretaria de Cultura, Esportes, Turismo e Lazer, com apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e ProAC ICMS – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo, e patrocínio do Guaraná Antarctica, Brahma e Guarani. Este projeto cultural foi elaborado pela Fama Produções e Consultoria.

São esperadas cerca de 70 mil pessoas durante os nove dias de evento.

Artigo anteriorAgosto tem BommRioPretodesign no Riopreto Shopping
Próximo artigoJornalista e escritor Audálio Dantas vem a Rio Preto
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.