Olímpia – Folk Dance Fest tem apresentações internacionais

0
52

A Associação Olímpia para Todos realiza o “Folk Dance Fest – Edição 2018”. O evento acontece no período de 10 a 17 de novembro de 2018. Tem a presença de grupos de danças folclóricas internacionais e parafolclóricos de Olímpia.

Os grupos folclóricos internacionais são: “Agrupación Folklórica Lazos de Amistad” (Argentina), “Fundación Artística Del Tundama” (Colômbia), “Kalrav Arts Foundation (Índia), “Grupo Folclórico Polonês Wesoly Dom” (grupo étnico de Araucária/PR, representando a Polônia) e “Kayrala Cultural Association” (Timor Leste).

Todos os grupos estarão pela primeira vez em Olímpia.

O Brasil também está presente, uma vez que, de Olímpia, foram convidados os Grupos Anástasis, Frutos da Terra e GODAP. Eles representam as danças típicas de diversas regiões do país.

Os grupos folclóricos se apresentam no palco da Praça Rui Barbosa, a partir das 20 horas. Fazem, também,  pequenas apresentações diurnas nos parques aquáticos Thermas dos Laranjais e Hot Beach.

Nos dias 12, 13 e 14 de novembro é possível a comunidade e turistas interagirem de forma mais intensa com os grupos. Os workshops  acontecem às 14 horas, no Palco da Praça da Matriz, sendo que no dia 13 (terça-feira) acontece uma sessão às 9 horas.

Os grupos serão monitorados por voluntários. A empresa Wizard disponibilizará intérpretes nos idiomas espanhol e inglês. Como curiosidade, o Timor Leste é uma ex-colônia de Portugal, e os participantes deste grupo entendem um pouco da língua portuguesa.

Os grupos serão hospedados pelas empresas Hotel Lazer Villa Itália, Royal Thermas Resort & Spa, Enjoy Olímpia Park Resort, Nobile Thermas Olímpia Resort e Ferrasa/Hot Beach.

Para a realização do Folk Dance Fest, a entidade se associou ao CIOFF – Conselho Internacional das Organizações de Festivais de Folclore e Artes Tradicionais. Trata-se de  entidade mundial que trabalha pela salvaguarda, promoção e difusão da cultura tradicional.  Está presente em 103 países.

O evento também conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Olímpia.

Outras atrações

O Folk Dance Fest também oferece a Feira Internacional de Artesanato. É formada pelos artesãos que participam da Feira “Olímpia Mostra Olímpia”.  Os grupos folclóricos trarão artesanato de seus países para comercialização na feira.

O público do evento tem ainda a oportunidade de conhecer a gastronomia típica dos países participantes durante a realização da Feira Internacional de Gastronomia.  A produção e comercialização de pratos tradicionais serão elaborados pelos artesãos olimpienses. Uma Praça de Alimentação garante a oferta de gastronomia típica brasileira, para agradar tanto ao paladar dos turistas e moradores, quanto dos convidados estrangeiros.

 

A dança, arte e a música de diferentes culturas, de norte a sul do Brasil, de leste a oeste do planeta são a inspiração do Folk Dance Fest – Edição 2018. Fomenta o intercâmbio cultural entre países.  E promove o conhecimento de usos e costumes e tradições pertencentes a uma realidade que, por razões geográficas e especialmente históricas, são diferentes da realidade brasileira.

Artigo anteriorD’Olhos Hospital Dia recebe a exposição “O olhar”
Próximo artigo Papai Noel, Carros Antigos, Coreto de Talhado e mais
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.