Livro conta “A História de Potirendaba”, obra retrata personagens e fatos desde a fundação da cidade

0
324
Livro conta “A História de Potirendaba”,Obra retrata personagens e fatos desde a fundação da cidade
Livro conta “A História de Potirendaba”,Obra retrata personagens e fatos desde a fundação da cidade

O livro “A História de Potirendaba” será lançado dia 21 de julho, no Clube Icaraí.   Um livro de 200 páginas que tem textos primorosos, farto arquivo de imagens e edição elegante. A obra mostra o que aconteceu na cidade de Potirendaba no último século.

O idealizador do livro “A História de Potirendaba” é o empresário José Luiz Franzotti. Ele  tinha o desejo antigo de homenagear a cidade. Queria  lembrar seus antepassados, moradores atuais e pessoas que aqui nasceram para fazer sucesso no Brasil e no mundo.

“A gente queria não só contar como o município se desenvolveu e como foram chegando as empresas e as obras de urbanização. O objetivo era também mostrar a alma do nosso povo, a tradição das famílias, as conquistas das gerações, nossa memória e nossa cultura”, descreve José Luiz.

O diretor da Editora Serifa, Deodoro Moreira, responsável pela obra, explica que o trabalho é uma criação coletiva realizado com a ajuda de vários profissionais.

O jornalista Raul Marques foi responsável pelas entrevistas e redação dos textos. Deodoro harmonizou histórias e coordenou todo o trabalho. A capa teve criação dos publicitários Solange Massuia e Ailton Marques e a diagramação ficou sob responsabilidade da DLM Propaganda.

Dezenas de moradores antigos e atuais foram ouvidos e tiveram seus depoimentos registrados. A contribuição de Francisco Riva, que tem um vasto arquivo de informações sobre a cidade, foi uma das mais importantes.

O jornalista Raul Marques mergulha nos fatos históricos desde a povoação, a partir de 1820, com a chegada do desbravador Manoel Ponciano Leite, seguido de João Antônio Siqueira. A divisão das terras entre os herdeiros de Siqueira deu origem a uma vila, então chamada Três Córregos, sendo o embrião da futura cidade que, apenas em 1919, viria a chamar-se “Potyrendaba”, assim mesmo, ainda com a letra “y”.

A partir deste início longínquo, a história passa a ser separada por décadas, começando em 1910 indo até a década de 2010,  destacando fatos, personagens, conquistas e desenvolvimento econômico no comércio e indústria e urbanização.

Após o lançamento, o livro “a História de Potirendaba” será disponibilizado em bibliotecas, escolas e diversos outros espaços onde a população poderá ter acesso aos exemplares.

A publicação da obra foi possível graças ao apoio das empresas Poty Cia. de Bebidas e Usina Santa Isabel, com realização do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura, por meio do ProacSP – Programa de Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo.

“Foi um trabalho árduo, mas ficamos muito felizes com o resultado. Espero que este livro seja um presente para a população. Tomara que as pessoas sintam-se representadas e que tenham orgulho de morar em Potirendaba”, finaliza José Luiz Franzotti.

 

 

 

Artigo anteriorCasa de Cultura sedia nesta sexta final do Fest Record Sertanejo com olimpienses
Próximo artigoPeregrinos percorrem 20 quilômetros de Rio Preto até a Igreja em Onda Verde para louvar Senhor Bom Jesus dos Castores
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.