Indicadores revelam que pandemia de Covid-19 perde força em Rio Preto

0
126
Corona virus test

Os números relacionados a pandemia de covid-19 em Rio Preto divulgados em live nesta terça-feira, dia 27, confirmam tendência de queda na maioria dos indicadores.

A média móvel de internações de pacientes em função da síndrome respiratória aguda grave (SRAG) que chegou a 30 no dia 6 de agosto é atualmente de 8 pacientes em média internados.

Em relação aos óbitos a queda também é expressiva. Atingiu o pico de 8 mortes no mês passado e agora se mantém em dois registros.

“Tivemos um pico próximo no mês de agosto, depois uma queda importante, leve aumento e agora essa queda desde o começo de outubro, dia 3 de outubro. Queda importantíssima das internações”, explica a gerente da vigilância epidemiológica Andréia Negri, responsável pela atualização dos casos desta terça-feira.

Outro indicador positivo é a média móvel de casos confirmados para a covid-19. O gráfico revela forte queda chegando atualmente a 89 casos em média. No pico eram 290 positivos por dia.

Foram divulgados 80 novos casos positivos (74 por testes do tipo PCR e 6 pelos sorológicos). Também foram verificados dois novos óbitos. São agora 25.977 pessoas contaminadas pela doença na cidade e total de 698 óbitos acumulados.

Do universo de contaminados 94%, ou seja, 24.437 já estão recuperados e não podem mais transmitir o vírus. Outros 2.612 dos contaminados são da área da saúde e 2.727 apresentaram a SRAG.

Desde que Rio Preto ingressou na fase 3, cor amarela do Plano São Paulo de flexibilização, a taxa de ocupação de leitos de UTI está abaixo dos 61%. Atualmente o índice é de 51,85%.

São 274 internados, sendo que 137 tem covid-19 (79 deles em UTI e 58 em enfermarias).

 

 

Artigo anteriorBarretos Country, servidores públicos têm desconto no passaporte família
Próximo artigoDr. Sthefano Atique Gabriel faz uma reflexão sobre os Impactos da pandemia
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.