Joyce Porcino, Astéria Quintana e Leonor de Mello Conde são mulheres Iguatemi Rio Preto

0
130

O  Iguatemi Rio Preto recebe uma exposição fotográfica  até o dia 13 de março, terça-feira.   A exposição conta um pouco da história de vida de 30 mulheres.  São retratadas pelas lentes da equipe do Estúdio Lumiere e pelos  textos de Arthur Ávila. O evento celebra o dia internacional da mulher comemorado no dia 8 de março. 

Conheça algumas destas mulheres:

Joyce Porcino

“Acho bonito mulher independente, que não se prende a padrões e que carrega no sorriso a coragem de ser quem ela quer.” (Diego Vinicius)

 

Joyce Porcino

Joyce Porcino é uma mulher de reviravoltas. Fonoaudióloga Neonatal e especialista em Aleitamento Materno, ela decidiu trocar sua profissão para aprender sobre a profissão de seu pai há 10 anos e no meio deste caminho, o destino a deixou à frente dos negócios da família.

Desde 2016 à frente da rede de postos Porcino, Joyce foi casada por 12 anos e é mãe do pequeno Heitor, de 7 anos, e filha de Sandra, seu porto seguro para todas as horas.

Aos 36 anos, ela é apaixonada pelo trabalho e orgulhosa pela família e pela profissão, trabalha para que seu cliente tenha qualidade, respeito e confiança.

Para ela, ser mulher é ser completa, delicada, forte, sonhadora, cheia de ideais. Batalhadora, sua maior satisfação como mulher é ser mãe em primeiro lugar e poder exercer um papel que antes era apenas exercido por homens, sem abrir mão de ser mulher.

Astéria Quintana

Há 32 anos embelezando eventos, ambientes e vidas, Astéria Quintana sempre foi apaixonada por flores e decoração.

Nascida em Bauru e formada em Ciências Econômicas e Administração de Empresas na faculdade Dom Pedro, em Rio Preto, seu primeiro trabalho foi na Ideia Decorações, onde trabalhou com nomes como Waldner Lui, Marzia Curti, Leopoldo Miceli (in memorian) e Vera Vetorasso até montar sua própria loja de flores e decorações.

Hoje, aos 53 anos, é mãe da Mariana, que está no quinto ano de Medicina em Fernandópolis e da Marina, que está no segundo ano de Medicina Veterinária em Pocos de Caldas (MG).

Durante a rotina, concilia seu trabalho com o lar, com o sucesso da flexibilidade.

Sua maior satisfação em ser mulher é poder ser mãe e ao mesmo tempo ser uma profissional que faz tudo, dedicando-se por amor à profissão

 

Leonor de Mello Conde

“A vida é feita de escolhas” (Sabedoria Popular)

Nascida em Birigui, de onde veio para Rio Preto ainda bebê, Leonor de Mello Conde, acumula, hoje, aos 77 anos, uma história de vida cheia de momentos inesquecíveis,

Formada professora de primário, quando jovem, chegou a estudar Psicologia, mas com o casamento abandonou o ofício e se dedicou à criação dos filhos: a engenheira de telecomunicações, Mariana, e o administrador de empresas, Francisco Augusto.

Apesar de viver em Rio Preto, foi proprietária de uma famosa e conceituada doceria, a ‘Fatias do Céu’, no bairro de Moema, em São Paulo, por 28 anos e morou 10 anos de sua vida em Peruíbe, no litoral paulista.

Durante sua trajetória, foi apresentadora de um programa de variedades para TV, o ‘Leonor Conde Show’, em uma emissora do litoral.

Viúva, ela foi casada por 18 anos e como mulher, educou seus filhos, fez-se presente em diversas festas e ainda presidiu o Lions Club de Peruíbe e atualmente, é rotariana há 14 anos.

Para ela, uma mulher de verdade é simplesmente poderosa: vence os espinhos e ganha os encantos da rosa.

Artigo anteriorLuciana Vartanian, Bia Gadia e Fernanda Bellazzi Guimarães são mulheres Iguatemi Rio Preto
Próximo artigoIvani Vaz de Lima, Rose Guarnieri e Miriam Souza são mulheres Iguatemi Rio Preto
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.