Maior Carnaval de portões abertos do noroeste paulista reúne mais de 60 mil pessoas em Olímpia

0
489
#image_title

A festa mais tradicional da cultura brasileira embalou milhões foliões em todo o país e na Estância Turística de Olímpia não foi diferente. O maior Carnaval de portões abertos de todo o noroeste paulista atraiu um público maior que o esperado, reunindo mais de 60 mil pessoas em quatro noites de shows.

#image_title

Além da entrada gratuita para a pista, promovida pela organização do evento em parceria com a Prefeitura, a grade com grandes artistas de sucesso também incentivou a presença maciça do público, entre turistas e moradores de Olímpia e região, no estacionamento do parque Thermas dos Laranjais.

A programação, que teve início na sexta (17), registrou recorde de jovens e famílias, atraídos pelo show mais esperado, o da cantora estourada do momento, Ana Castela, que abriu o CarnaOlímpia 2023. Na sequência, a dupla de DJs Old Boys animaram a festa.

No sábado, dia 18, Os Menotti, com os sertanejos César Menotti e Fabiano, e o pagode do Grupo Sambalove comandaram o palco. No domingo (19), a diversão ficou por conta da mistura do axé da banda A Zorra, diretamente da Bahia, com o sertanejo do cantor Murilo Huff e da dupla Hugo & Heitor, que levaram milhares de pessoas.

A segunda-feira, dia 20, encerrou a festa com os olimpienses, José & Diogo, seguidos do sertanejo universitário da dupla Clayton & Romário, e o funk e eletrônico do duo de DJs Dexters.

A festa foi realizada pela empresa Ivan Silva Produções Artísticas, com apoio institucional da Prefeitura, por meio da secretaria de Turismo e Cultura, apoio cultural da Tereos – Guarani Mais que Açúcar, por meio da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, junto ao Programa de Incentivo Fiscal ProAC ICMS, e patrocínio de empresas de Olímpia e região. O estacionamento da festa teve renda revertida para a Santa Casa de Misericórdia.

MATINÊS E DESFILES

A folia teve muita diversão também para a garotada com as matinês realizadas no Recinto do Folclore e nos distritos de Ribeiro dos Santos e Baguaçu, que reuniram cerca de 2 mil crianças e adolescentes. Além dos shows e recreadores que animaram a garotada, ainda teve distribuição de pipoca, algodão-doce, picolé e água. A iniciativa da secretaria de Turismo e Cultura, teve apoio das secretarias de Esporte, Lazer e Juventude e de Assistência Social.

O domingo e a terça de Carnaval também foram marcados pelo tradicional desfile das escolas de samba. Apesar da chuva de domingo, as escolas fizeram bonito na passarela do samba e aproveitaram o tempo firme e a grande presença do público para encantar ainda mais na terça-feira (21). Milhares de pessoas se concentraram no trajeto de cerca de 400 metros, no prolongamento da Avenida Aurora Forti Neves, para prestigiar a alegria, o colorido e o samba no pé das escolas.

Os desfiles foram abertos pela Associação Cultural Samba Sem Compromisso com o tema “Samba de Bambas”, no compasso ensaiado da bateria e sua rainha e do casal de mestre-sala e porta-bandeira. A Associação Escola de Samba Unidos da Cohab, neste ano, se inspirou na “Amazônia” como tema para o seu desfile, que teve bateria com a rainha representando a maior floresta do Brasil, passistas, carro alegórico e casal de mestre-sala e porta-bandeira. Por fim, as noites se encerraram com a Acadêmicos do Samba, e seu tema “A Magia e o Espetacular Mundo dos Circos”, que desfilou com passistas e casal de mestre-sala e porta-bandeira no ritmo da bateria e sua rainha.