Hugo Engenharia lança novo empreendimento em Rio Preto

0
121

Apesar dos desafios econômicos provocados pela pandemia do coronavírus, o mercado imobiliário surpreendeu e fechou o ano passado com crescimento de 58%, segundo dados da Associação Brasileira de Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Com o mercado mais agressivo, impulsionado pelo barateamento do crédito para financiamento imobiliário, 2021 começou na esteira dessa tendência de alta, principalmente para projetos que se adequam à necessidade de clientes.

Na análise de especialistas, a crise sanitária despertou nas pessoas a necessidade de ter um imóvel, tanto pelo conforto quanto para proteção e segurança do patrimônio.

“Os juros para financiamento imobiliário continuam baixos e quem prioriza rentabilidade e valorização sabe que o imóvel é um ativo muito vantajoso em relação a aplicações mais conservadoras. Além disso, ninguém quer ver seu dinheiro perder o poder de compra”, contextualiza o diretor comercial da Hugo Engenharia, Marcelo Chibeni.

Outra percepção de quem trabalha com o mercado imobiliário é a importância da adequação do projeto colocado na prateleira de construtoras e incorporadoras. Na avaliação de Chibeni, é preciso que o imóvel faça sentido para o consumidor final.

“Observamos uma demanda bastante interessante em São José do Rio Preto por apartamentos bem-localizados, com plantas inteligentes e funcionais de dois a três dormitórios com suíte, em condomínios com estrutura de lazer adequada. Diante dessa perspectiva e necessidade dos clientes, lançamos o Sense Residence”, explica.

Uma pesquisa do Secovi/SP realizada no ano passado indicou os atributos mais procurados nos imóveis pelos consumidores paulistas, entre eles, destacam-se: ambientes mais bem divididos; vizinhança com comércio e serviços; e imóveis com varanda. Por reunir esses atributos e ter outros diferenciais que estão no topo da preferência entre os rio-pretenses, o Sense Residence é apresentado como um projeto que faz sentido por atender todas as necessidades de famílias e de investidores.

“O período de reservas do empreendimento, quando disponibilizamos a compra a investidores e clientes da carteira Hugo, já foi um termômetro do sucesso. O produto atende aos requisitos da demanda e temos um excelente projeto, uma ótima localização, uma boa implantação no terreno e uma série de itens que agradam em cheio ao público”, afirma o diretor.

Sense Residence

O Sense Residence será construído na Avenida Emílio Trevisan, 575, uma das regiões mais valorizadas de São José do Rio Preto e conhecida por reunir comércios, serviços e fácil acesso a todas as outras áreas da cidade. Os apartamentos com plantas de 67,43m² (2 dormitórios com 1 suíte) e 81,85m² (3 dormitórios com 1 suíte) e varanda gourmet, tem uma ou duas vagas na garagem.

O condomínio conta com Salão de Festas, Espaço Gourmet, Brinquedoteca, Piscina, Varanda de Jogos, Wi-Fi nas áreas de lazer, Rico Paisagismo e Geração de energia através de sistema fotovoltaico. “Os projetos são extremamente racionais e inteligentes. As plantas dos apartamentos se destacam pelo aproveitamento de cada metro quadrado. Outro ponto forte do empreendimento são as três opções de acabamento oferecidas já no momento de fechar o negócio, permitindo que o cliente dê personalidade de acordo com sua preferência”, completa Marcelo Chibeni. O projeto arquitetônico, assim como a construção, é assinado pela Hugo Engenharia. O projeto de interiores é do arquiteto Renato Sanches. Neusa Nakata, arquiteta paisagística renomada assina o paisagismo do Sense Residence.

Venda digital

Em virtude da pandemia e das restrições de circulação, o Sense Residence se destaca também pela possibilidade de fazer a jornada de compra de forma totalmente digital. Isto é, com o uso de plataformas seguras implementadas pela Hugo Engenharia para comercialização, o cliente consegue fazer toda a negociação de forma on-line, sem precisar se deslocar. Marcelo Chibeni ressalta que essa é uma alternativa segura e prática. “Conseguimos atender aos clientes e cumprir todas as etapas de forma digital, resultado do trabalho intenso da equipe de vendas e da implementação de tecnologias que auxiliam desde a visitação, com o tour virtual, até o contato com os corretores e assinatura digital de contratos”.

Para os interessados em conhecer o projeto de forma presencial, com todos os protocolos sanitários de higiene e segurança recomendados pelas autoridades, o estande de vendas do Sense Residence fica no próprio local da obra (Avenida Emílio Trevisan, 575). O local traz um novo conceito, com maquete e ferramentas digitais para demonstração. O atendimento pode ser agendado pelo site www.hugoengenharia.com.br.

Caso o cliente prefira ficar em casa, a empresa também oferece todo suporte para atendimento em formato 100% digital. O residencial possui tour 3D do apartamento decorado e diversas informações detalhadas nos canais digitais da Hugo Engenharia. A visita por meio de tour virtual 360º e todo o contato pode ser realizado diretamente pelo site.

Artigo anteriorZoológico de Rio Preto envia oito filhotes para Zoo de Gramado
Próximo artigoTARRAF anuncia empreendimento de alto padrão em Araçatuba
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.