O SESI Rio Preto recebe Cabras indicado ao Prêmio Shell

0
105
Compartilhe

O SESI  Rio Preto recebe nos dias 21 e 22 de outubro, sexta e sábado, às 20h, Cabras – cabeças que voam, cabeças que rolam. O espetáculo foi indicado ao Prêmio Shell no primeiro semestre de 2016. Nas 20 crônicas independentes que compõe o espetáculo produzido pela Cia Teatro Balagan, o tema central é a guerra. A entrada é gratuita e os ingressos podem ser reservados antecipadamente pelo Meu SESI (www.sesisp.org.br/meu-sesi).

ale-catan-peca_cabras-1055

O espetáculo teve como inspiração inicial o Cangaço, e aborda os movimentos de resistência ao Estado. Também, as guerras não oficiais que sempre findaram com a decapitação e exposição das cabeças de seus líderes. Neste sentido, explora as relações que se dão por meio da batalha, do encontro com inimigo, da vingança. Explora, ainda,  a insubmissão ao Estado e da criação de governos transitórios e nômades.

A composição dramatúrgica, criada por Luís Alberto de Abreu e Maria Thaís, está dividida em quatro partes, cada uma contendo cinco textos: Guerra, Fé, Festa e Fogo-Paz-Fogo. A vingança, o ethos guerreiro, o inimigo, os conflitos parentais, o nomadismo são narrados e cantados por vozes humanas, de animais e, ainda, vozes de seres – da natureza, objetos -, que revelam suas perspectivas de um mundo onde “viver é perigoso”.

O espetáculo, do ponto de vista da linguagem, aprofunda a pesquisa da Cia Teatro Balagan em relação à narrativa e ao ator narrador, foco de investigação constante desde a fundação da companhia e presente nos espetáculos anteriores, como em Recusa (espetáculo indicado a 13 prêmios, conquistando seis, entre eles o Shell de melhor direção) e Prometheus – a Tragédia do Fogo.

 

A Cia Teatro Balagan

Desde seu surgimento os trabalhos da Balagan, ao dedicar um longo período de pesquisa e experimentação, enfrentam a dimensão pedagógica de um processo criativo e que abrange artistas e espectadores

Em 1999, a Cia estreou seu primeiro espetáculo, Sacromaquia. Desde então foram criadas outras cinco obras: A Besta na Lua (2003/2004), Tauromaquia (2004/2005/2006), Západ – A Tragédia do Poder (2007), Prometheus – A Tragédia do Fogo (2011 – em repertório) e Recusa (2012 – em repertório). Os espetáculos foram indicados e premiados pela crítica especializada, circulando por todo o Brasil e, em 2014, a Cia Teatro Balagan foi reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial da Cidade de São Paulo, por suas atividades de valor cultural referencial para a construção da identidade paulistana.

 

SERVIÇO

Teatro do SESI São José do Rio Preto – Av. Duque de Caxias, 4656

Datas e horários: 21 e 22 de outubro, sexta e sábado, às 20h

Duração: 60 minutos

Classificação indicativa: não recomendado para menores de 12 anos

Modalidade: Adulto

Gênero: Comédia

Informações: (17) 3224-6611

Entrada gratuita 

 

 

 

 


Compartilhe
Artigo anteriorSecretaria do Trabalho e do Emprego oferece 35 vagas no balcão
Próximo artigoGanhadores do Prêmio Acirp lideram bate papo com Jovens Empreendedores
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.