Obras do Hospital Municipal de Rio Preto seguem aceleradas

0
62
Obras Hospital Zona Norte. 05/06/20. Foto: Ivan Feitosa/Pref. Rio Preto.

Iniciadas no dia 20 de fevereiro, as obras do Hospital Municipal de Rio Preto seguem aceleradas. Tanto a terraplanagem quanto a fundação da obra já foram concluídas e, no momento, a equipe responsável pela construção – Constroeste – está executando a montagem da estrutura pré-moldada. O cronograma segue em dia e a previsão de entrega continua para agosto de 2021.

O Hospital terá área de construção de 4.631,85m2, com prédio térreo e possibilidade de ampliação. O terreno, de área de 19.831,49m2, permitirá a construção de 138 vagas de estacionamento.

O serviço disponibilizará 80 leitos, dos quais 62 serão rotativos, destinados às cirurgias eletivas, de pequena e média complexidade e internações clínicas, além de 12 leitos pós-anestésicos, e seis leitos de retaguarda. O hospital contará ainda com sala de esterilização e cinco salas cirúrgicas.

A expectativa é de que sejam realizadas entre 300 e 400 cirurgias por mês, em especialidades como ortopedia, otorrinolaringologia, oftalmologia, ginecologia e cirurgias gerais. A avaliação é de que o recurso para equipar o hospital seja de R$ 6 milhões.

Para construir o Hospital Municipal de Rio Preto, a prefeitura alienou terreno de 145.665,37m2, no Distrito Industrial, em troca da construção. O valor estimado da obra é de R$23.145.470,02.

 

Artigo anteriorRio Preto tem 828 casos positivos para Covid-19
Próximo artigoShow especial da AltaConexão Eventos tem músicas românticas  com transmissão pelo Youtube
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.