Olímpia contrata laboratório particular para testes de Covid-19

0
40
Covid-19 Olímpia

A Prefeitura da Estância Turística de Olímpia irá realizar testes para diagnóstico, tipo RT-PCR (transcrição reversa seguida de reação em cadeia da polimerase) com coleta de swab naso-orofaringe.

 

A aplicação dos exames ocorrerá por meio do Laboratório São Matheus, contratado por dispensa de licitação.  O laboratório será responsável por enviar o material para análise em um laboratório credenciado junto ao Ministério da Saúde.

 

De acordo com a secretaria de Saúde, a medida foi tomada porque o Instituto Adolfo Lutz (IAL), responsável por analisar os exames da rede pública de todo o Estado de São Paulo, está sobrecarregado. E, com isso, os resultados demoram mais de 20 dias para ficarem prontos.

 

Inicialmente, foram contratados 100 testes, no valor de R$ 24.500,00.

 

Eles serão destinados a moradores de Olímpia, usuários do SUS, que estejam internados com suspeita da doença. E, também, para   trabalhadores da saúde pública do município com sintomas de síndrome respiratória e óbitos suspeitos. Precisa  solicitado pelo médico conforme o protocolo do Ministério da Saúde. 

 

Pacientes internados na Santa Casa por convênio particular e  de outros municípios continuarão tendo as amostras enviadas ao Instituto Adolfo Lutz.

Vale ressaltar que novos exames serão adquiridos conforme a demanda do município.

 

O contrato foi viabilizado após a liberação do Governo do Estado para o credenciamento de laboratórios particulares, o que dispensa a necessidade de contraprova.

 

Para o prefeito Fernando Cunha, a aquisição dos testes é fundamental para definir as estratégias de enfrentamento da Covid-19 no município.

 

“Antes, dependíamos apenas do Adolfo Lutz na Capital e, agora, podemos contar com um laboratório particular credenciado em nossa cidade para atender nossa demanda, o que irá nos auxiliar na elaboração de ações para o combate do Coronavírus”, declarou.

Artigo anteriorUnimed Rio Preto compra máscaras fabricadas em cooperativa e destina para instituições 
Próximo artigoPrefeitura lança ‘Rio Preto sem Fome’ para atender famílias vulneráveis
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.