Olímpia fecha 2019 com quase 3 milhões de turistas e bate recorde no Réveillon

0
325

Com uma infraestrutura cada vez mais equipada e novos empreendimentos, a Estância Turística de Olímpia vem consagrando-se como um dos principais destinos paulistas. A cidade atingiu novos recordes de visitação no último ano. Em 2019, recebeu quase 3 milhões de turistas.

O número representa um aumento de 12,8% em relação a 2018, quando o município contabilizou pouco mais de 2,6 milhões.  E,  é ainda mais significante se comparado a 2017, quando foram registrados cerca de 2 milhões de turistas, significando um crescimento de mais de 45% na ocupação.

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (06), pela Pesquisa de Ocupação Anual da secretaria de Turismo.

O levantamento considera os meios de hospedagem regularizados, ou seja, sem levar em conta casas de temporada e ainda visitantes que frequentam os atrativos da cidade sem se hospedar, na modalidade day use.

A cidade possui, hoje, um dos maiores polos hoteleiros do Estado de São Paulo com mais de 23 mil leitos.

Ainda de acordo com o relatório, os meses de maior fluxo em 2019 foram Janeiro (308.326 turistas hospedados), Julho (355.570), Outubro (302.219) e Dezembro (358.298).

Em dezembro, que foi o mês com maior ocupação, avalia-se que o bom desempenho se deu, principalmente, pelas férias escolares e festividades de fim de ano. Isso porque entre os dias 21 e 26 de dezembro, correspondente ao período de Natal, a cidade registrou cerca de 70 mil turistas.

Já no Réveillon, a ocupação bateu recorde com quase 85 mil visitantes hospedados na cidade, entre os dias 27 de dezembro e 1º de janeiro.  72% dos meios de hospedagem tiveram ocupação acima de 80%.

“O ano de 2019 foi bastante significante para o crescimento de nossa cidade, com a instalação de novos empreendimentos e grandes redes. O Turismo é o principal motor econômico do município.  tem impulsionado indiretamente o desenvolvimento de outros diversos setores, gerando emprego, renda e qualidade de vida. É um grande processo que mantém a economia aquecida. a cidade pujante e que contribui como um todo porque gera recursos para que possamos cada vez mais investir em obras e serviços de Educação, Saúde, e outras áreas para melhorar a vida da população”, enfatiza o prefeito Fernando Cunha.

 

 

Artigo anteriorTrânsito exclusivo para o transporte urbano em horários de pico passa a valer nesta segunda-feira, dia 6
Próximo artigoPiscinas e colônia de férias são opções aos rio-pretenses no período de férias
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.