“Por que os homens não fazem amor e as mulheres, infelizmente, não fazem sexo”

0
262

 

SJ Rio Preto – . Eliano Pellini, médico ginecologista e chefe do setor de Saúde e Medicina Sexual da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), traz, no próximo dia 26 de abril ,  o tema “Por que os homens não fazem amor e as mulheres, infelizmente, não fazem sexo” para uma palestra, às 19h30, no Centro de Convenções da Associação Comercial e Empresarial de  Rio Preto.

Na sequência, às 21h, Ana Canosa, Psicóloga Clínica, Terapeuta Sexual e Educadora Sexual, lança seu livro “A Metade da Laranja? Discutindo Amor, Sexo e Relacionamento”. Canosa também é consultora do Programa da Eliana e professora do curso de Pós-graduação em Sexualidade da FAMERP de Rio Preto.

Os eventos são realizados pela Associação Comercial e Empresarial de São José do Rio Preto, por meio das diretorias de Desenvolvimento e Treinamento e Conselho da Mulher Empresária e Empreendedora (CMEE), e Curso de Pós-Graduação em Sexualidade: Terapia Sexual e Orientação, com apoio da Faculdade de Medicina de Rio Preto, FAMERP.

“A parceria com a Acirp é de fundamental importância para a realização de um evento como esse em Rio Preto, que traz especialistas em sexualidade aptos a debater mais sobre esse tema tão delicado, mas imprescindível para a saúde sexual e emocional de todos”, explica a Drª Maria Jaqueline Coelho Pinto, coordenadora do curso da FAMERP.

“Para a Acirp, renovar a parceria com o Curso de Pós-Graduação em Sexualidade é excelente, pois por meio dessa união conseguimos trazer temas importantes para discutir com a sociedade. Com mais essa parceria, nossa entidade reforça o objetivo de promover cursos, palestras e treinamentos que possam ir ao encontro das necessidades e anseios dos empresários e da população em geral”, afirma a diretora de Treinamento e Desenvolvimento da Acirp, Ana Carolina Verdi Braga Ragonha.

Sentimento este que é compartilhado pelo Conselho da Mulher Empresária e Empreendedora da Acirp. Segundo a diretora da pasta, Vera Regina Ferreira Júlio, o Conselho da Mulher tem a missão de promover palestras que sejam úteis no cotidiano de cada uma das mulheres, seja em sua vida profissional, seja em sua vida pessoal. “Essa parceria com o Pós-Sex nos permite essa amplitude: chegamos mais longe quando unimos forças. Esta palestra é um belo investimento para todos os casais. Tenho certeza de que todos gostarão”, explica.

Os temas do evento estão em consonância à temática do curso de pós em sexualidade da FAMERP, cujo objetivo é proporcionar uma formação teórica e prática a dois grupos de profissionais: aqueles que desejam tornarem-se terapeutas sexuais e os que pretendem ser especialistas em intervenções familiares, comunitárias e institucionais no âmbito da orientação e educação sexual.

As inscrições para o evento custam R$ 25 (individual) e R$ 40 (dois convites), são limitadas e podem ser feitas pelos telefones (17) 3237 5122 (Acirp) e (17) 3227 4847 (Centro Acadêmico de Medicina).

 

Serviço:

Centro de Convenções da Acirp

Av. Bady Bassit, 4052

Fone para informações e venda de convites: (17) 3214-9431

 

 

 

Artigo anteriorTuti Resort recebe ação de prevenção no Dia Nacional de Combate ao Glaucoma
Próximo artigoSérgio Reis se apresenta durante Encontro da Feliz Idade, em Olímpia
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.