Tuti Resort recebe ação de prevenção no Dia Nacional de Combate ao Glaucoma

0
85


Com o objetivo de cuidar da saúde dos olhos, prevenindo o surgimento, ou tratando adequadamente algumas doenças, evitando assim a perda da visão, oftalmologistas da equipe do COHR (Centro Oftalmológico Humanizado de Referência) fazem várias ações para atenderem à população, tirando dúvidas e realizando exames preliminares.
A ação, denominada de “Ver é Vida”, acontece nos seguintes dias, locais e horários: 13 de abril – Viradouro, das 8 às 11 horas; 27 de abril – Tuti Resort de Olímpia, das 8 às 14 horas; 04 de maio – Mirassol, das 8 às 14 horas; 25 de maio – Shopping Cidade Norte, de São José do Rio Preto, das 10 às 18 horas.
A campanha acontece próximo ao Dia Nacional de Combate ao Glaucoma, comemorado em 26 de maio. Segundo o Ministério da Saúde, o mal acomete 900 mil brasileiros, com idade acima de 40 anos. A doença é silenciosa, e a visão perdida com ela não pode ser recuperada, mas se diagnosticada logo no início tem tratamento simples, e pode ser paralisada.
Estarão à disposição os exames: * auto-refração – detecta se há necessidade de óculos; * ceratometria computadorizada – detecta alterações na córnea; e * tonometria – mede a pressão intraocular, prevenção glaucoma.
Glaucoma
O Dia Nacional de Combate ao Glaucoma foi instituído através da Lei nº 10.456/2002, a fim de promover a conscientização sobre o Glaucoma e divulgar seus principais fatores de risco. A Lei que criou a data de 26 de maio foi apoiada pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), pela Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG) e da Associação Brasileira dos Amigos, Familiares e Portadores de Glaucoma (ABRAG).
O glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível no Brasil e no mundo. Trata-se de uma doença crônica grave que causa danos irreversíveis ao nervo óptico e reduz o campo visual. Atinge cerca de 2% da população mundial acima dos 40 anos. As pessoas que possuem histórico familiar, as chances do Glaucoma aumentam para 10%.
A lesão é caracterizada pelo aumento da pressão intraocular que atinge o nervo óptico. Hereditariedade, hipertensão, uso prolongado e indiscriminado de corticóides, diabetes e traumas, como a detecção tardia de catarata, são outros agravantes para o distúrbio.

Artigo anteriorPOETA FREDERICO BARBOSA É O PATRONO DO FLIV 2013
Próximo artigo“Por que os homens não fazem amor e as mulheres, infelizmente, não fazem sexo”
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.