Receitas fáceis com carne moída para inovar na cozinha

0
171

 A ideia é usar a carne moída de forma criativa e variada.

Modo de fazer no vídeo, descrição dos ingredientes abaixo.

Vulcão de carne moída recheado com com gorgonzola

Ingredientes para quatro vulcões

400 gramas de Carne Moída ( músculo);

Sal;

Pimenta;

Gorgonzola

e Bacon.

 

Quer aprender a fazer um quibe cru perfeito? Quibe ou kibe?

Embora a palavra kibe seja muito utilizada pelos usuários da língua portuguesa, ela não é reconhecida pelos dicionários. Isso porque, com base nas regras fonéticas e ortográficas da língua portuguesa, não costuma-se utilizar a letra k no início das palavras. Com alguns truques e pouquíssimos ingredientes dá para fazer uma quibe cru das arábias.

Vamos a receita: carne magra, o patinho moído é excelente pimenta síria, cominho, tempero sírio ( à gosto), sal , trigo para quibe, e gelo ou água fria.

Para servir hortelã, coalhada seca, cebola e pão árabe.

 

Kafta caseira, feita no próprio fogão

Seguindo a nossa série de receitas práticas com carne moída, apresentamos a kafta caseira, feita no próprio fogão, sem perder o encanto. Uma receita fácil e charmosa para um jantar ou mesmo para o almoço.

Você vai precisar de carne moída ( usamos patinho), cebola, tempero árabe, sal, pimenta e hortelã. Para o molho de acompanhamento usamos um copo de coalhada com azeite, hortelã, sal e pimenta. Sirva com pão árabe , salada ( usamos rúcula) e coalhada ( pode ser a seca).

Artigo anteriorCom descontos de até 80%, Black Friday chega no Iguatemi  Rio Preto
Próximo artigoGeninho visita fábrica da Coronavac, em São Paulo
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.