Sesc sedia ‘VII JORNADA INTERNACIONAL DAS MULHERES ESCRITORAS’ nesta sexta e sábado

0
90
Compartilhe

 

 

Tássia Camargo

DIA 16. Sexta

Pelo sétimo ano, a produção crítica de escritoras, tradutoras, pesquisadoras, jornalistas, educadoras e demais mulheres envolvidas com a literatura é debatida em dois dias de evento em que brasileiras e estrangeiras se reúnem no Sesc Rio Preto para refletirem sobre obras criadas pela mente feminina. A edição deste ano da JORNADA INTERNACIONAL DAS MULHERES ESCRITORAS acontece nesta sexta e sábado, dias 16 e 17 de maio, no Teatro Sesc, e tem entrada gratuita. Inscrições e solicitação de emissão de certificados de participação podem ser feitos com antecedência na Central de Atendimento.

A abertura das atividades acontece às 10h, com a presença da atriz e roteirista Tássia Camargo, que apresenta uma performance em homenagem à Cora Coralina. Em seguida, têm as conferências México Frente al Reto de la Globalización – de qué Manera Salvaguardar la Identidad Sin Extraerse Del Desarrollo Mundial, às 14h30; Confluência das Linguagens Literária e Jornalística em ‘Os Sertões’, de Euclides da Cunha, às 16h; e Machado de Assis Freudiano ou Freud Machadiano, às 17h. Para encerrar o dia, às 18h será realizado um Café Literário, Ponto de Encontro e Apresentação de Livros.

Por conta da exposição Brasil e Suas Copas, que permanece em cartaz na Área de Convivência do Sesc, a Unidade oferece, às 20h, no Teatro, o encontro FUTEBOL E/OU ARTE? com a  presença do ex-jogador do Corinthians e da Seleção Brasileira Zé Maria, além do músico Curumin. Eles debatem a relação entre o futebol e a arte e tentam chegar a conclusões a respeito de questões como ‘de que forma o esporte atua como instrumento de expressão da arte e cultura, seja nos textos, publicações, música e demais cenários?’. O encontro é gratuito e aberto ao público em geral.

DIA 17. Sábado

A VII Jornada Internacional das Mulheres Escritoras continua no sábado com as palestras Las Escritoras y lo Autobiográfico, às 10h30, Direitos, Literatura e Violência, às 11h30, e A Transmutação Metalinguística na Poética de Edgard Braga, às 12h30; a convivência Siglo XXI, Mujeres y Literatura, às 13h10; a palestra O Papel da Mulher na Transformação da Sociedade, às 14h; os bate-papos La Experiencia de Contratiempo, Organización que Promueve Escritores del Mundo, às 14h30, e O Espaço Lembrado: Experiências de Vida em Seringais da Amazônia, Lembrando Minha Terra, Minha Aldeia, às 15h; a palestra Por que Publicar Mais Livros? Há Necessidade de Novas Vozes no Mercado Editorial?, às 16h; o bate-papo A Palavra é Uma Deusa, às 17h; e o encerramento às 18h, com o café literário Quem Disse Que o Meu Lugar é Só na Cozinha?, com a escritora Esmeralda Ribeiro. As atividades são gratuitas e inscrições e solicitação de emissão de certificados de participação podem ser feitos com antecedência na Central de Atendimento. A idealização e organização do evento fica a cargo de Izabel Ortega.

Pelo projeto (Im)Pulso 2014, o Sesc convida o público para o curso DJ: ARTE DOS TOCA DISCOS – COMEÇANDO A HISTÓRIA, às 14h do sábado, dia 17, e do domingo, dia 18. Quem comanda o curso é o DJ Scracth-J, de São Carlos (SP), que ensina a história dos DJ’s, a utilização dos equipamentos e uma introdução sobre as técnicas de scratch, back to back e colagens.

 

Às 17h, no palco da Comedoria, é a vez dos AMIGOS DO SAMBA DO PEQUINHA apresentarem sua forte influência no samba carioca, que traz no repertório artistas como Zeca Pagodinho, Almir Guineto, Arlindo Cruz, entre outros renomados sambistas. O show é gratuito e aberto a todo o público.

DIA 18. Domingo

O espetáculo infantil ROCK PARA CRIANÇAS, da Banda Toy, de São Paulo (SP), agita a tarde da criançada no domingo, às 15h30, no Teatro do Sesc. Com apresentação gratuita, o grupo executa músicas de bandas conhecidas da garotada e de domínio público, tudo em um ritmo que vai agradar as crianças e adultos. Os ingressos podem ser retirados na Central de Atendimento a partir das 14h30.

 

E para finalizar o fim de semana, a banda LOLIROCK sobe ao palco da Comedoria, gratuitamente, às 17h. Em 2012, os músicos, que já tocavam juntos em bares pela cidade de Rio Preto, decidiram voltar aos palcos na criação de uma banda acústica. Formada por Bruno Ravagnani (voz e violão), Daniel Verlotta (voz e percussão) e Paulo Bassi, conhecido como Jiló (baixo e voz), a Lolirock apresenta um vasto repertório de rock, pop rock, rock nacional, de Rappa a Seu Jorge e anos 90 como Live, Nirvana e outros.

 


Compartilhe
Artigo anteriorBabi Rossi, Renata Molinaro e Carol Narizinho participam de coquetel na Limone Modas
Próximo artigoA rapper curitibana, Karol Conká, lança seu primeiro CD, Batuk Freak, no Sesc Catanduva
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.