Anita Leocadia Prestes lança livro em RIO PRETO

0
151

Professora e doutora em História, Anita Prestes estará em Rio Preto quarta-feira (06 de novembro) para o lançamento de seu décimo livro: “Luiz Carlos Prestes: o combate por um partido revolucionário”. Ela vem a convite do professor Pedro Acquaroni Neto, do Colégio London.

O lançamento do livro e bate-papo será voltado para alunos, pais, imprensa e convidados.

Com uma história iniciada de forma ‘trágica’ e que se mistura com a história do Brasil, hoje com 76 anos de idade, Anita Leocadia Benário Prestes tem em seu currículo dez publicações literárias cujo tema central está à vida de seu pai, Luis Carlos Prestes e sua mãe, Olga Benário.

Nesta nova obra, a escritora da sequência às suas pesquisas sobre o papel de Luiz Carlos Prestes na elaboração e aplicação das políticas do Partido Comunista Brasileiro (PCB). Em “Luiz Carlos Prestes: o combate por um partido revolucionário”, Anita Prestes apresenta o resultado da investigação histórica da atuação de seu pai, a partir da aprovação da “Declaração de Março” de 1958, pelo Comitê Central do PCB, até o seu falecimento em 1990.

De acordo com a historiadora, esse é o último livro de uma série de trabalhos dedicados a revelar, não só a trajetória política de Luis Carlos Prestes, como a dos comunistas brasileiros e especificamente do Partido Comunista Brasileiro (PCB). “A partir dos anos 30, não tem como separar a trajetória política de Prestes desse partido. Um sem o outro não podem ser analisados. Meu objetivo é revelar a evolução das posições políticas de Prestes nos últimos 32 anos de vida dele, que são marcados pelos conflitos frequentes com a direção do PCB e que levam à ruptura desse casamento”, comenta Anita.

 

BIOGRAFIA

Em 1936, Anita Leocadia Prestes nascia no Campo de Concentração de Alemão, Bermimstrasse onde sua mãe Olga Benário Prestes estava presa depois de ter sido entregue grávida, pelo governo brasileiro, as mãos do ditador Adolf Hitler. Anita foi afastada de sua mãe quando tinha 14 meses de vida e entregue à avó paterna no Brasil, Leocádia Prestes.

No Brasil, Anita Prestes graduou-se, em 1964, em Química Industrial pela Escola Nacional de Química da antiga Universidade do Brasil, atual Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Em 1966, durante a ditadura militar, obteve o título de mestre em Química Orgânica.

No início da década de 1970, Anita exilou-se na extinta União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). Em agosto de 1972, foi indiciada em virtude da militância política. Julgada à revelia em julho de 1973, foi condenada à pena de quatro anos e seis meses pelo Conselho Permanente de Justiça para o Exército.

Em dezembro de 1975, Anita Prestes recebia o título de doutora em Economia e Filosofia pelo Instituto de Ciências Sociais de Moscou. Quatro anos depois, em setembro de 1979, a Justiça extinguia a punibilidade da sentença que a condenou à prisão, com base na primeira Lei de Anistia no Brasil. Em 2 004, recebeu a indenização de R$100 mil pela Lei de Anistia, que doou ao Instituto Nacional de Câncer.

Doutora em História pela Universidade Federal Fluminense, título concedido em janeiro de 1990, Anita Prestes foi professora de História do Brasil no Departamento de História da UFRJ, cargo conquistado por meio de concurso público em 1992 e do qual se aposentou em 2007.

 

Bate papo sobre o livro

Antes de autografar o livro, Anita Prestes fará um bate papo sobre a obra com o tema: “A pesquisa histórica e o combate às falsificações criadas pela História Oficial: um estudo de caso – a trajetória política de Luiz Caros Prestes”.

 

Serviço:

Lançamento do livro: “Luiz Carlos Prestes: o combate por um partido revolucionário”, de Anita Leocadia Prestes.

Local: Colégio London (Rua Benjamim Constant, 3463 )

Data: 6 de novembro de 2013

Horário: 19 horas

Artigo anteriorLucas Malvacini vem para o 20º Halloween do CNA e escolas estão abertas para a visitação cultural
Próximo artigoThermas dos Laranjais anuncia construção de parque temático
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.