I Seminário sobre Elaboração de Projetos em Políticas de Inclusão Social

0
70

 A elaboração de projetos em políticas de inclusão social exige conhecimento abrangente acerca da criação do projeto, desenvolvimento, captação de recursos financeiros entre outros. Para esclarecer as dúvidas sobre esses processos, a Frente Parlamentar Mista de Combate às drogas, presidida pelo Deputado Federal Protógenes Queiroz, e a Logística Assessoria trazem para Rio Preto o I Seminário sobre Elaboração de Projetos em Políticas de inclusão Social.

Destinado aos prefeitos, gestores de ONGS, secretários municipais e estaduais e técnicos da área de Rio Preto e região, o seminário conta com palestras ministradas pelo Deputado Federal Protógenes Queiroz e pela especialista Luciane Mosca.

Na pauta estão as políticas públicas e controle às drogas. O Deputado Federal Protógenes Queiroz foi responsável por lançar em Brasília a Frente Parlamentar Mista de Combate às Drogas, que visa a melhoria das políticas públicas disponibilizadas no combate às drogas.

“É de extrema importância levar às equipes conhecimento sobre os processos de elaboração de projetos em políticas de inclusão social. Existe uma grande carência de informação que acaba por influenciar no mau aproveitamento dos recursos”, destaca o Deputado Federal Protógenes Queiroz.

O seminário acontece neste dia 12 de julho no Palestra Esporte Clube e tem início às 9h30.

 

Plano Multidisciplinar de Combate ao Crack

Lançada em abril deste ano, a Frente Parlamentar Mista de Combate ao Crack conta com o apoio de 40 senadores e mais da metade da Câmara dos Deputados.

Presidida pelo Deputado Federal Protógenes Queiroz, a Frente auxilia e propõe novas ações para o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas, implantado pelo Governo Federal.

“O grupo vai ajudar na elaboração do Plano Nacional de Combate ao Crack e irá propor as melhorais em todas as ações já implementadas pelo Governo Federal”, destaca o Deputado.

De acordo com o Ministério da Saúde, no Brasil são mais de 600 mil viciados. Uma realidade nacional que deve ser encarada com prioridade.  Derivado da cocaína, o crack proporciona estado de euforia e logo após desânimo, o que faz com que o usuário consuma novamente acarretando o vício.

 

Serviços:

I Seminário sobre Elaboração de Projetos em Políticas de Inclusão Social

Dia 12 de Julho – 9h30 –  Palestra Esporte Clube

Contato: (17) 3212-8213 / 3305-8391

Email: seminarioinclusaosocial@gmail.com

Artigo anteriorBanda rio-pretense Maestrick lança álbum com gravadora alemã
Próximo artigoClaudio Sartor e top rio-pretenseTaciane Matos
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.