Rio Preto começa a semana com mais nove mortes

0
83
coronavírus

Com a confirmação de 143 novos casos positivos para coronavírus  Rio Preto inicia a semana com 7.706 pessoas já infectadas pela doença .

Nas últimas 24 horas foram ainda confirmados 9 óbitos O  total, agora, é de 216 mortes .

Dos contaminados, 5.025 (65%) já se encontram recuperados.  1.130 (14,6%) são profissionais que atuam na área da saúde.  E,  outros 991 (13%) apresentaram o quadro mais grave da doença com problemas respiratórios, destes 600 (60%) já estão recuperados.

O coeficiente de incidência da doença em Rio Preto é de 1.672 casos para cada 100 mil habitantes.

Gráfico apresentado nesta segunda-feira, dia 27, mostra a oscilação do número de óbitos confirmados para covid-19 por semana epidemiológica. Da semana de número 28 para a semana 29, desde o início da pandemia, houve aumento de 23% no número de mortes.

A boa notícia é que da semana 29 para a de número 30, semana passada, houve uma diminuição de mortes de 21,5%.

São 306 pessoas residentes de Rio Preto internadas no momento, 122 em UTI e 184 em enfermarias.

Destes 170 estão confirmados para covid-19 (81 em UTI e 89 em enfermaria).

A UPA Jaguaré passa a atender somente pacientes regulados pelo SAMU, não atendendo mais demandas espontâneas.

Os pacientes deverão ter recebido a autorização da equipe de saúde para se deslocar até a unidade. Não será atendido na unidade outros tipos de agravos.

Em relação a outras unidades de saúde que oferecem atendimentos para as síndromes respiratórias, a do Estoril atende das 7h às 22 horas, todos os dias, inclusive aos finais de semana.

Já para o atendimento infantil, a partir de quarta-feira, dia 29, a UBS Santo Antônio, passa a atender das 7h às 17 horas. Já a UBSF Solo Sagrado, faz atendimento adulto e infantil durante as 24 horas também a partir de quarta-feira.

“Estamos ampliando o atendimento de acordo com a demanda dos nossos serviços”, afirma a gerente da vigilância epidemiológica Andréia Negri.

Ela também disse que os números mostram que Rio Preto continua em uma ascendente, com possibilidade do pico de casos.

“Nossa expectativa que possamos ficar num platô e desacelerar. Vai depender se todas as medidas forem implantadas adequadamente. Distanciamento, uso de máscaras. Se as pessoas não seguirem as medidas, o comércio, podemos acelerar e aumentar a transmissão”, adiantou.

 

 

 

Artigo anteriorIguatemi Rio Preto traz cinema drive-in para o estacionamento do shopping
Próximo artigoRio Preto chega a marca de 7.997 contaminados pela covid-19
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.