Rio-pretense lança revista digital para promover artistas

0
26

Em função da crise sanitária provocada pela Covid-19, eventos culturais de grande porte, que movimentam a economia dos locais onde são realizados, foram adiados.

Por consequência, exposições, lançamentos de obras, encontros em espaços culturais que até então eram responsáveis por garantir renda para diversos artistas, estão parados.

Pensando na classe, a artista rio-pretense Edna Stradioto lançou a publicação “Revista Artrilha”.

A publicação tem como proposta dar visibilidades e gerar negócios a artistas visuais brasileiros.

“  Em menos de uma semana do lançamento, vários artistas da revista já foram chamados para participar de uma seletiva para um calendário anual por uma grande empresa de tintas. Esse era o meu objetivo, proporcionar visibilidade aos artistas em um momento em que todos se sentiam invisíveis. Esse tipo de resultado que já está vindo me deixa muito orgulhosa. Acho que vem mais coisa boa por aí”, destacou Edna Carla Stradioto, fundadora e administradora do Artrilha .

 

Com prefácio de Adriana Scartaris e posfácio de Patrícia Reis Buzzini, o projeto contempla artistas de norte a sul do país, das técnicas de pintura, colagem, arte digital, fotografia, arte sacra, escultura, encáustica, muralista, grafitti, entre outros.

São 40 perfis e obras que ilustram esta primeira edição, mostrando a riqueza da arte nacional contemporânea.

A revista pode ser baixada pelo link:

 

Artigo anteriorPlaza apresenta exposição fotográfica on-line para incentivar o aleitamento materno
Próximo artigoFestival do Folclore Digital supera 100 mil visualizações 
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.