Bar do Cidinho traz para o Comida diButeco um prato cheio de afeto

0
89
Compartilhe

O Bar do Cidinho aposta em uma homenagem à avó de seu proprietário para tentar conquistar o tetracampeonato.

Feito com massa de batata doce recheada com costela e creme de milho, e servida com molho de chumichurri, o Costeleti de Batata Doce é feito em formato de flor, uma homenagem à avó do Cidinho, que vendia arranjos de flores.

Cleusa Helena dos Santos Adami, filha de Alcides Lazaro dos Santos, o famoso Cidinho, conta que é sempre extremamente honroso participar do Comida diButeco.

“A verdade mesmo é que o Comida está na nossa essência. A gente aprende muito, e eu tenho certeza que tenho muita coisa a aprender também neste ano. Somos gratos por participar dessa competição incrível”.

Vencedorado concurso em 2017, 2018 e 2019, Cleusa afirma que o bar desenvolveu um olhar mais atencioso com o cliente, uma das coisas que aprenderam com o Comida diButeco.

“Agora, é lutar pra tentar conseguir o primeiro lugar no nacional. Esse é o nosso objetivo dentro do concurso”, planeja.

Serviço

Bar do Cidinho

Prato participante –Costeleti de Batata Doce

Endereço –R. Cap. José de Castro, 370 – Vila Anchieta

Telefone – (17) 3363-9446

Funcionamento – Quarta a sexta: 18h à 0h

               Sábado: 15h à 0h

                                 Domingo: 16h às 22h

Comida diButeco – até o dia 29/08

Bares participantes da edição 2012

https://maluvisita.com/santo-arco/

https://maluvisita.com/recanto-do-peixe/

https://maluvisita.com/bar-do-magrao/

https://maluvisita.com/fino-sabor/

https://maluvisita.com/santo-espeto-garagem/

https://maluvisita.com/toca-da-coruja/

https://maluvisita.com/espetaria-dallas/

https://maluvisita.com/skina-do-ceara/

https://maluvisita.com/bar-do-cidinho-2/

https://maluvisita.com/bar-do-pere/


Compartilhe
Artigo anteriorBar do Pere estreia no Comida diButeco Rio Preto com o “Costilla”
Próximo artigoPrato nordestino é o trunfo do Skina do Ceará no Comida DiButeco
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.