Torre da Coruja: um prato cheio de personalidade para participar do Comida diButeco

0
22
Compartilhe

Diferentes texturas no prato, com purê de mandioquinha, beterraba e batata, com linguiça artesanal e cuiabana de costela e pedaços de mandioca. Essa é a Torre da Coruja, petisco que o Toca da Coruja escolheu para participar do Comida diButeco deste ano.

O bar, conhecido por ser um dos únicos da cidade voltados para o rock, participa pela segunda vez do Comida diButeco. Na última edição, conquistou o terceiro lugar.

Desta vez, o dono Fernando explorou os ingredientes bases da competição, trazendo destes os seus favoritos e reunindo as variantes com proteínas de forma diferente e original, criando assim o “Torre da Coruja”.

“Aceitamos o desafio e vamos surpreender o público”, garante Fernando.

Participar do Comida diButeco, segundo ele, trouxe uma visibilidade bastante positiva para o pub e proporcionou aos clientes uma experiência mais exclusiva.

“O Toca se reafirmou entre os melhores bares de Rio Preto, colocando-o no mapa da gastronomia”, conta.

Serviço

Toca da Coruja

Prato participante – Torre da Coruja

Endereço – Rua Saldanha Marinho, 3.928 – Vila Santa Cruz

Telefone – (17) 3363-3353

Funcionamento – Quarta e quinta: 17h30 às 22h30

Sexta e sábado: 17h30 à 0h30

Bares participantes da edição 2012

https://maluvisita.com/santo-arco/

https://maluvisita.com/recanto-do-peixe/

https://maluvisita.com/bar-do-magrao/

https://maluvisita.com/fino-sabor/

https://maluvisita.com/santo-espeto-garagem/

https://maluvisita.com/toca-da-coruja/

https://maluvisita.com/espetaria-dallas/

https://maluvisita.com/skina-do-ceara/

https://maluvisita.com/bar-do-cidinho-2/

https://maluvisita.com/bar-do-pere/


Compartilhe
Artigo anteriorEspetaria Dallas cria prato com cebola para o Comida DiButeco 2021
Próximo artigoSanto Espeto Garagem: do food truck para o Comida diButeco
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.